Caramba, José!

Já viajei bastante de Cometa, assim como já vivi essas desventuras que depois observamos como "começo do fim".

Gostei do título do poema, uma pena ele ter se perdido. Na dúvida, depois do seu relato, tentarei fingir que todo cometa é uma estrela cadente!

Agradeço a leitura e as palavras, abração!

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store